quarta-feira, 11 de junho de 2008

Minha filha pôs uma tartaruga no forno!!!

Datas em geral são mais lembranças simbólicas do que verdadeiras de fato. Mas o importante aqui não é a razão de se lembrar, mas sim, quem é lembrada. Hoje é o dia de minha “grande” (?) amiga, Michele Jackeline Lopes de Barros, a Mi, Keia, Jack ou Jackinha, Dory, poia...

Enfim, quantas não foram as desventuras nestes quatro anos de amizade? Desde a “tartaruga no forno”, provas, baladas, confissões e risos; até a cumplicidade em momentos decisivos de nossas vidas, questões traumáticas que nunca seriam resolvidas (“E” & “J” provam o contrário, para a felicidade geral da nação), mudanças e mudanças de lado, decepções com pessoas que nunca imaginaríamos... Mas essas pessoas “passaram e ficaram para trás”, como diz O Teatro Mágico em seu Retrovisor, enquanto você ficou. Outros passarão, você passarinho. E não é por acaso.

São quatro anos nos quais eu aprendi que amizade vai muito além do conceito estúpido da sociedade judaico-cristã ocidental. Vai desde o mais simples jantar de batatas, batatas e batatas; até o abraço na hora mais difícil – desde as risadas na Avenida Paulista e imediações até o choro nos “caracóis Federais”. Está nas coisas simples e efêmeras da vida, como “a sensação de enfiar a mão em um saco cheio de feijões”, ou a certeza de saber que, amiga minha, “sem você a emoção de hoje seria a pele morta da emoção do passado”.

Michele, que odeia Eça de Queiroz (“... que maçada!”), que me ensinou muito de uma simplicidade que eu desconhecia (“... não me apregoem conceitos complexos”), me ensinou a aceitar tudo de uma forma melhor (“... assim como sou, tenham paciência!”), mas também a seguir em frente mesmo quando tudo diz o contrário (“... não me falem em moral!”); eu deixo aqui registrada minha humilde alegria por ser este o dia em que um mundo de afortunados teve a sorte de recebê-la entre seus freaks.

Minha filha mais velha, Feliz Aniversário, de seu pai puto.


this mortal coil: “My Father”


2 comentários:

Natália disse...

Tadinha da tartaruga!!!
Feliz Aniver pra Dona Mi!!

Bjus!!

Michele disse...

Obrigada Puto do meu coração!!! te gosto mto mto mto viu... linda a sua msg, foi um poema em forma de amizade... olha lá no meu orkut.
bjus Mi

Ps.:num era pra matar a tartaruga, eu só queria aquece-la rsrs